Posts com Tag ‘realidade.’

O valor de tudo foi esquecido ou renegado, pois hoje temos novos valores, novas funções (sem saber das primárias) .

Os hiatos entre os melhores momentos são preenchidas com pausas dramáticas. Sempre procuramos o melhor, as sensações, o prazer…mas o que é a vida sem prazer? E até onde fazemos tudo que pudemos para obter prazer? Parece que há um peso invisível sobre nós ( e não é a pressão atmosférica sobre nossos corpos ), existe uma pressão psicológica embutida em todo ser, desde seu aprendizado até o fim da vida.

Damos valor ao prazer, conforto, comodidade, mas porque? Apenas pela emissão de endorfina em nosso cérebro? Ativar as suas respectivas áreas de prazer e deleitar tudo que parece ser real?

Ouro vale mais que pão, petróleo vale mais que água, diamantes valem mais que sua casa. Os valores são dados a coisas raras ou extremamente belas para certas pessoas. O valor de sua vida para muitas pessoas não vale muito, desde que não saibam de sua existência, desde que não mendigue em sua porta…desde que não cruze olhares e te mostre como poderia ser você no lugar dele, por más escolhas, caminhos errados e com isso, ter a vida mudada.

Tudo muda. Tudo, menos os valores sociais. O carro mais caro, a casa na praia deserta, a pessoa mais bela. São esses os padrões. São esses o valores comercializados para proveito de alguns. Valores que primam a diferença, diferença que gera riqueza para pequenos grupos. Aparenta satisfação, aparenta alegria, aparenta por um momento, mas é um jogo de máscaras. Um jogo de cartas marcadas. Esse é o mundo, isso é a realidade, e essa realidade nunca pareceu tão pobre!

A miséria nunca me pareceu tão triste. Não pelo simples fato de ser o óbvio ( a derrocada de um membro da sociedade e sua incapacidade de recuperação ), mas também pelo fato de parecer impotente diante desse monstro que assola o tecido coletivo. Não me importar seria quase mágico. Não me importar faria minha existência ser mais tranquila, e talvez não procuraria tantas respostas…mas infelizmente me importo e me torno um refém da minha incapacidade de mudar algo em um espectro mais amplo.

Anúncios

Queria dizer chega para toda essa merda,
Esse sorriso amarelo que esconde a dor de dente e a enxaqueca.
Essa hipocrisia de que tudo está bem apesar de dar tudo errado.
Queria dar um basta nessa escuridão que predomina, em toda essa desesperança disfarçada.

Apenas por alguns momentos, um momento de paz real e alegria.
Um pedaço de churrasco sem sal para acalmar as “solitárias” na barriga.
Um gole de coca-cola quente e sem gás, para se saborear junto com a sede.
Passar um pouco de “pretinho” na roda careca e cansada do carro.

Apenas por 4 minutos e 18 segundos….mas poderia ser por mais tempo.
Um descanso real de toda a maré de azar, que se tornou maremoto.
Essa pororoca que vem com garrafas Pets, e lixo tóxico batendo na canela…
Pra isso precisaria de um barco anti-séptico….um bom remédio para descansar de tudo.


Queria ver um pouco de luz, nem que seja esse sorriso amarelo cheio de cáries no escuro do salão.
Um punhado de flores para amortecer a queda do abismo, além de dar um “refresh” no ar.
Uma pausa silenciosa nessa multidão atribulada.
Um suspiro de ar puro vindo da bombinha de asma.

Por apenas alguns minutos, uma pausa real .
Um verdadeiro descanso de toda a sujeira que sai debaixo do tapete.
Todas as tramóias e conflitos internos que culminam em dar um golpe de estado em sua pessoa.

Ter apenas mais um sonho bom, e uma realidade não tão ruim.
Um breve descanso, real felicidade, sem talvez e arrempedimentos.
Uma gozada sem arrependimento e sem medo da camisinha furar.
Seria maravilhoso acreditar apesar de todas as crenças e descrenças, em 5 minutos de silêncio absoluto.
Apenas ter a satisfação de querer um “Basta!”, e ser atendido por conveniência do destino….ou apenas não. Mas um “não” bem positivo!

As Promessas de esperança

Publicado: março 4, 2010 em Sem categoria
Tags:, , , ,

Dizem para ter esperança, dizem para sempre buscar o melhor.
Também dizem que tudo vai acabar bem, que é bom ter fé que você vai conseguir.
Mas ninguém disse como é a realidade. Ninguém avisou da devastação que ocorre.


“Você é dono de seu Destino , pode fazer tudo o que quiser, mas escolha o caminho do bem.”
É o que dizem….mas também dizem o contrário.
“O Destino já está trilhado , e Deus já tem planos para você traçado.”
Por que as duas coisas entram em conflito quando isso melhor lhe convém?


Quando você nada contra a correnteza , você quer moldar seu próprio Destino.
Quando você se sente perdido , você imagina que exista um caminho escolhido para se trilhar.
Quando você se sente perdido e nadando contra a correnteza , se imagina que é possível moldar Seu Destino e que faça parte de seu Destino agir assim.

Mas na maioria das vezes parecem apenas promessas, suspiros por dias melhores.
A viagem fica sem rumo. O equilibrio fica sem prumo.
Mas sempre têm uma sensação  que, às vezes, se torna fraca…pulsa devagar.
Uma sensação que diz: “Continue , tudo vai melhorar. Tenha esperança”

É quase uma promessa interna. Só você ouve.
Seus sonhos que parecem bobos diante da sua realidade.
Seus motivos que parecem ser nobres e mesquinhos ao mesmo tempo.
E o que vai te impedir de conseguir, além de você mesmo?
De todos os momentos , as promessas de esperanças que tudo vai melhorar, 
Às vezes é o que mais faz bem…e também é o que, às vezes , mais dói….