Posts com Tag ‘promessas’

As Promessas de esperança

Publicado: março 4, 2010 em Sem categoria
Tags:, , , ,

Dizem para ter esperança, dizem para sempre buscar o melhor.
Também dizem que tudo vai acabar bem, que é bom ter fé que você vai conseguir.
Mas ninguém disse como é a realidade. Ninguém avisou da devastação que ocorre.


“Você é dono de seu Destino , pode fazer tudo o que quiser, mas escolha o caminho do bem.”
É o que dizem….mas também dizem o contrário.
“O Destino já está trilhado , e Deus já tem planos para você traçado.”
Por que as duas coisas entram em conflito quando isso melhor lhe convém?


Quando você nada contra a correnteza , você quer moldar seu próprio Destino.
Quando você se sente perdido , você imagina que exista um caminho escolhido para se trilhar.
Quando você se sente perdido e nadando contra a correnteza , se imagina que é possível moldar Seu Destino e que faça parte de seu Destino agir assim.

Mas na maioria das vezes parecem apenas promessas, suspiros por dias melhores.
A viagem fica sem rumo. O equilibrio fica sem prumo.
Mas sempre têm uma sensação  que, às vezes, se torna fraca…pulsa devagar.
Uma sensação que diz: “Continue , tudo vai melhorar. Tenha esperança”

É quase uma promessa interna. Só você ouve.
Seus sonhos que parecem bobos diante da sua realidade.
Seus motivos que parecem ser nobres e mesquinhos ao mesmo tempo.
E o que vai te impedir de conseguir, além de você mesmo?
De todos os momentos , as promessas de esperanças que tudo vai melhorar, 
Às vezes é o que mais faz bem…e também é o que, às vezes , mais dói….

Um longo caminho

Publicado: fevereiro 16, 2010 em Sem categoria
Tags:, ,



Nós andamos bastante, percorremos um longo caminho.
Mas quando olhamos para frente , vislumbramos o horizonte e percebemos:
Ainda estamos no começo de tudo.


Falta caminhar mais , e agora posso ouvir , dentre suas loucuras , as suas razões. Hoje ouço e entendo.
É um longo caminho , não existe atalho ou carona até lá.
O importante é chegarmos ao destino , só para nos perguntarmos: 
“Qual foi o propósito?”


Mas agora , voltamos a andar…só o vento no corpo e o sol batendo no rosto.
Viajamos demais, divagamos demais.
E aquelas promessas?Estão ali , no meio do caminho.


Nossos sonhos também estão ali , junto com as promessas.
Estranho como elas mudaram durante o caminho , nem parecem as mesmas.
Mas é bom caminhar.É um longo caminho…muito longo.
Um dia inventam um atalho.