Posts com Tag ‘amor perdido’

Um Doce de mulher

Publicado: fevereiro 25, 2010 em Sem categoria
Tags:, , , , ,
Sou carinhosa , um doce de mulher.
As vezes acho que sou tão doce que provoco enjoo.
Se eu namorar um diabético , posso matá-lo com todo meu carinho.

Estou casada , e chamo meu marido com apelidos carinhosos: “vida” , “Môr”, “anjo”…
Quando ele chega dou um beijo caloroso e um abraço ; abraço tão forte quanto o aperto de uma jiboiá.
Quando eu o aperto não quero mais largar , quero quebrar seus ossos com todo meu amor e carinho.
Acho que estou passando a imagem de carente para ele.

Mas não consigo me afastar.(Talvez tenha sido isso que afastou os outros)
E quando ele sai , não consigo parar de pensar que ele possa estar com alguma vagabunda.
A concorrência sempre quer homem comprometido. A aliança na mão parece um chamariz.
Essas mulheres são como urubus voando em torno da carniça.

Mas é minha carniça. E elas não podem chegar perto.
Acho que o sufoco. Mas depois eu deixo ele ir até o quintal , para aproveitar a liberdade momentânea.
Deve ser insegurança…mas não quero perdê-lo.
Já fui enganada , traída….e as mentiras é o que doem mais.

Já perdi tantos durante os anos…não quero perder mais um.
Vou algemá-lo a cama se preciso for.
Vou construir uma masmorra e deixa-lo lá.
Assim o terei para sempre…pelo menos a carcaça vai estar sempre aqui , perto de mim.
Anúncios

Lembranças.

Publicado: agosto 5, 2009 em Sem categoria
Tags:, ,

O que dói mais não é o sentimento do amor perdido….são as lembranças.As brigas estão jazidas , o que nos resta são as memórias , as risadas , as longas conversas sobre o tudo….

Do que nos importa é sabermos que vivemos tantos amores e deles ganhamos tantas coisas : intangíveis , invisíveis , e se algum momento nessa vida desistíssemos e voltássemos com a pessoa amada , perderíamos as experiências futuras e experiências de vida que hoje sabemos ser fundamentais…

O que sobra são os risos , as conversas , os olhares…..de todos os amores , guardo em meu coração , o seu tempo , a sua vida , o seu momento.

Mas o que perturba o sono , é saber que tantos amores e lembranças , do que poderia ter sido e do nunca aconteceu , das coisas ótimas que guardamos , ainda sabemos do outro lado guarda-se um pouco do sentimento recíproco , e talvez camuflado pela dor…

E o que pode nos deixar mais triste é o não reconhecimento dos verdadeiros sentimentos…ou o pior , se nessa busca pelo aprendizado do amor , as contra-partes encontrarem a dor…é isso que dói mais