A Hora do Pesadelo.

Publicado: julho 22, 2010 em Uncategorized
Tags:, , ,

Você não consegue acordar desse pesadelo estranho.
Te chamam, chacoalham, tentam te acordar…mas não consegue sair desse pesadelo.
Os vizinhos gritam a noite, os cães ladram e mesmo com todo esse barulho, não acorda do pesadelo.

O mundo pode se abalar a sua volta, mas dentro do seu sono, não existe nada que te auxilie.
Tentou acordar de todas as formas, mas não conseguiu.
Isso não é um sonho, é um cárcere!

Mesmo com toda ajuda, não conseguiu sair dessa prisão onírica.
Seus esconderijos prediletos se tornam as casas do inimigo.
Já não consegue distinguir a realidade do sonho.
O que é real, e o que faz parte do pesadelo que não tem fim?

Pior que qualquer filme de terror. Não se segue roteiro, e o herói não vence no final.
Pior que qualquer estória de terror, não se sabe o fim da trama e não se espera absolvição.
Não existe enredo, você não se lembra mais do começo, e espera que o fim chegue logo.

Não adianta beliscar a sua pele, a dor maior é emocional e não te excluirá desse terror.
Nesse pesadelo sem fim, é difícil aguentar toda essa eterna noite de sono.
Nesse pesadelo que te faz gritar sem ter voz.
Nesse pesadelo que faria Freddy Krueger se urinar de medo.

Parece não ter saída desse sono pesado e medonho.
Tua realidade se transforma nesse sonho horrível.
Não existe a quem pedir abrigo, não existe ajuda, não existe fim do sonho triste.
Não sabe mais qual o sentido de tanto desespero, não entende esse horror infindável…

Não se vê propósito para tantos sustos, tantos traumas.
Onde está Morpheus quando se precisa dele?
Onde está a luz que nunca se apagaria?

Os seus gritos não são ouvidos. O mundo está surdo.
Suas mazelas não são enxergadas. O mundo está cego.
Estenda a mão para ninguém e ouça os cochichos daqueles que não te querem bem.
Não consegue se lembrar de bons momentos, o que sobra é só o agora e a sua tristeza.

Esse sonho estranho, não sabe como começou, e nem como sair dele.
Em que momento se caiu nesse sonho e foi tragado para o terror?
Quem sabe se um dia acordar, saía desse pesadelo horrendo, e se encontre viva nessa realidade…
Quem sabe um dia acordar, seja um alívio ou o despertar para outro pesadelo.

Anúncios
comentários
  1. Noee =) disse:

    Te odeio, ao mesmo tempo em que te amo…

    ( Ou não…)

  2. Mariana disse:

    mto bom,gostei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s