O cão-pastor e sua ovelha

Publicado: janeiro 3, 2010 em Sem categoria
Tags:, , ,

Cara ovelha, te vejo pastando entre essas cercas, imagino como você foi ficar assim.
Pensavas que fosse se indagar sobre a tua própria criação, o motivo para pastar debilmente.

Mas ao invés disso, adotou a o uivo do cão-pastor, como sua verdade. Não indaga, apenas consente.

Quais são as opções? Quais são suas metas? Não importa, não é?Pobre ovelha, admitiu tudo que te disseram como verdade inegável, e por um mistério retumbante, não tenta raciocinar… é tão importante fazer parte desse rebanho?

Sua vitória parece inegável no seu ponto de vista. É claro, pois não existe combate, e sua vitória tem gosto de derrota lógica. Suas opiniões são confusas e suas ideias estão opacas :Tudo em nome do rebanho, queres tanto fazer parte desse coletivo absurdo?

Mas o que mais incomoda é esse cão, que controla o rebanho ; Seu latido não tem sentido e ainda sim, o abraça como verdade, sem mesmo se perguntar o “Por quê”?
Fico imaginando, o gosto desse pasto, tentar entender esse latido sem sentido do cão-pastor, sua falta de preocupação com sua vida e a comunidade em geral.

Mas ainda sim, queres viver como mais uma no rebanho…vale tanto essa lobotomia, para ser mais um no rebanho a pular a cerca, nos tranquilos sonhos de um cão-pastor?

Ás vezes me pergunto : “Não seria tão ruim ser assim…ou seria? E se eu for, como deixaria de pensar do jeito que penso e me condicionaria a ser apenas mais um pastando?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s