Incompreensível

Publicado: setembro 12, 2009 em Sem categoria
Tags:,

É difícil de reconhecer o quanto é pequena a consciência humana, e como somos uma composição de algo tão grande que beira ao surreal.
Como é incompreensível reconhecer o tamanho do infinito, é na mesma razão para nós, irreconhecível a razão da vida.

Nascer, crescer e por fim morrer . Nesse meio tempo, dentre esses eventos, nos tornamos algo único, diferente, e que compõe um coletivo emotivo que chamamos de família, tribo ou qualquer outra organização fraternal.

Mas reconhecer o objetivo maior que o fez nascer, crescer e por fim morrer….entender a razão que tudo se encaixa de forma estranha e coincidente.
Nessa esperança de querer dar razão às expectativas e esperanças da vida, o ser humano recorre a fé, e atribui tudo o que é abstrato e inexplicável a nossas percepções limitadas.

Perdemos as razões, criamos motivos, mas ainda sim não entendemos nada da vida. Brincamos de viver e de entender.

Alguns fingem que sabem : o que somos e o caminho que devemos seguir, mas no fundo só existe a incerteza de algo maior ; Uma pequena fagulha de incerteza que demonstra como somos pequenos e perplexos diante do incompreensível

È difícil de reconhecer o quanto é pequena a consciência humana

Nascer, crescer e por fim morrer

È difícil de reconhecer e por fim morrer

Anúncios
comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s