Queda-livre

Publicado: setembro 3, 2009 em Sem categoria
Tags:, ,

A queda , ação própria da gravidade , demonstra como somos frágeis.
Após o Ippon da vida , nos encontramos no chão , colados no solo e incapacitados.
As quedas físicas são ocasionadas pelo poder pimordial da gravidade , e as psicológicas são por todo o resto que se encontram no universo.

Nossas emoções , que se tornam nossos algozes , traem nossas mentes e criam ações estranhas.
Transforma o mundo em que vivemos , a realidade já não é a mesma de outrora.
A queda é a tristeza , a saudade da perda , a própria perda e tudo que nos faz cair.

A queda é figurativa , mas dói mais que a queda real.
Quase tão imponente quanto à somatória do solo com a gravidade.
Nossas quedas , são tão difíceis de se reerguer após tanto trauma….mas é o que devemos fazer.

Mas o que mais sentimos é o vazio do chão ,
E pensar que equilíbrio para se manter em pé , não depende apenas da gravidade , mas de um pequeno osso no ouvido.

Ossinho mágico esse , que nos faz achar o chão , até mesmo nos momentos mais escuros.
Chão esse que de vez em quando desaparece , maldito chão…..
E a queda…..essa é livre! E parece às vezes que o fosso em que se cai é infinito.
Mas não é culpa da falta de equilíbrio do ossinho mágico.

Tão pouco da pobre gravidade (sempre desafiada pelo minúsculo imã)
A queda é mais do que nunca , uma tendência pessoal : Uma forma de espírito!
As quedas são livres ….de impostos , iniciativas e principalmente de vontades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s