Pobre planeta

Publicado: agosto 25, 2009 em Sem categoria
Tags:

O mundo nos escapa por entre os dedos, por entre os pensamentos, por entre os pesares…
Nosso mundo, coitado, não sabe se fica ou se vai….se morre ou se vive….sua rotação está fraca, sua natureza moribunda.

Encontra-se perdida no vácuo sideral, respirando, com seus vírus felizes vivendo de sua carne. Seu sangue se torna impuro perante tanta manipulação da sua essência.

Parece errada em sua existência, esse bloco de pedra flutuante no éter, com seu mar e sua atmosfera, parece errada em seu propósito em fazer parte desse universo infinito.

Suas crias nascem e vão, mas ela persiste, esperando a explicação mor de todos os acontecimentos que se sucederam.

Pequeno ponto no horizonte, mais um corpo celeste nessa vastidão infinita…esse simples planeta é incapaz de entender porque flutua bestamente entorno do sol.

Qual o propósito disso?Ficar tonta?Por que se importar com a gravidade?Por que se importar com a temperatura de seus vírus?Por que se importar?

Flutua bestamente pelo vácuo planeta, sem respostas, apenas flutua, roda em torno do sol, rodopia em torno de si, e procura uma razão para tanto….(se houver)

Pobre planeta….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s