Força repulsiva

Publicado: agosto 8, 2009 em Sem categoria
Tags:, ,

Algo me impele a escrever , alguma coisa me incomoda , uma força estranha se debruça sobre meu ser.


As cenas desta peça , já não parecem fazer sentido , os atores estão sem os textos, e não conhecem o diretor.

Força repulsiva, destrutiva ; não sei como chamá-la , mas sinto sua presença em dias de trevas.


Faz nadar nesse mar imenso e tenebroso . Num mar de dúvidas nado , imenso mar , que traga a todas as embarcações.Nado a esmo e procurando um rumo , mas uma força maior que a correnteza me puxa , para baixo , como areia movediça.


Nado quase sem forças , por dentre esse mar revolto, ao meio das trevas , sem saber se há luz por detrás da tempestade , só nadao .


Mas de alguma forma , me abstenho , e luto para chegar a superfície , mas ainda relutante , quase sem vontade….ou talvez seja à vontade de saber por que há tanta correnteza , ou por simples curiosidade mórbida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s